fbpx
qui. jun 20th, 2019

Vegana causa rebu nas redes sociais: quem come carne é machista, homofóbico e racista!

3 min read

Sorsha Sorova, 20, é uma blogueira e estrela do YouTube que está causando um tremendo reboço na internet. Está sendo duramente criticada ao comparar a escravidão e os massacres de toda a humanidade com a indústria alimentícia, mais especificamente a da carne

Ela atacou os carnívoros. Disse que quem come carne também apoia, por exemplo, o Holocausto

E ainda acusou: “quem consome carne é homofóbico, machista e racista, sim! E também é nojento!”

Sorsha já publicou uma série de vídeos polêmicos sobre a causa vegana. Entretanto, o mais controverso foi “Por quê você apoia o Holocausto e eu não”

Blogueira doida

Em um dos vídeos, a blogueira de Los Angeles disse aos telespectadores: “Você pode ser contra o racismo, mas isso não significa que você é contra à discriminação”



“Mas ainda assim você provavelmente consumirá produtos de origem animal, o que significa que você não é nenhum pouco contra a discriminação”

“Se você não é vegano, não pode ser contra a discriminação porque você está discriminando literalmente quem é animal não-humano. Ou seja, você discrimina quem não é da sua própria espécie”, completa a americana

Teve quem ficasse bem bravo com essas declarações. Vários usuários no YouTube pediram que Sorsha “respeitasse os comedores do carne”

Até mesmo alguns próprios veganos acharam o discurso da loirinha um absurdo: “você está manchando o nome dos veganos!”, comentou um internauta

Sorsha, que possui quase 94 mil inscritos em seu canal do YouTube, também causou controvérsia no Twitter depois de comparar que quem bebe leite de vaca apoia a escravidão dos bichos

Ela provocou uma onda de fúria quando twittou uma imagem que mostrava a silhueta de um homem sendo pendurado em uma árvore, e em cima estava escrito ‘Ano: 1815’. Ao lado dele, havia uma silhueta de um porco sendo pendurado em uma árvore, e em cima escrito ‘Ano: 2015’

Sobre a imagem, Sorsha disse: “Somente as vítimas mudaram. Você não pode ser contra a opressão se você ainda consome produtos de origem animal”

Os usuários do Twitter a acusaram de ser “ignorante”

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL DO YOUTUBE

Um dos internautas escreveu: “Que p#%*# há de errado com você? “Massacre não deve ser comparado ao consumo animal”

Outro explodiu: “Os dois não são sinônimos. Comparar o racismo opressivo com uma escolha dietética… acaba logo, 2016!”

As reações negativas ao post da blogueira não paravam de aparecer. “Sorsha… você realmente tentou comparar 500 anos de supremacia branca genocida com comer uma porcaria de carne de porco?”, disse outro usuário do Twitter

Sorsha também marcou as celebridades Arika Sato e Ariana Grande em um tweet e pediu para elas pararem de comer carne ou usar produtos de origem animal

No tweet, ela também disse: “usar produtos de origem animal é simplesmente PAGAR para violar as vacas”

Olha o Cara!
PewDiePie

Um outro youtuber chamado PewDiePie rebateu um dos vídeos da Sorsha com um “vídeo resposta”

PewDiePie é o nome do seu usuário nas redes sociais, mas seu nome verdadeiro é Felix Arvid Ulf Kjellberg. No vídeo de resposta, ele disse: “Eu acho engraçado ela dizer que se eu não sou vegano, sou um pedaço de m#%*@”

E aí? De que lado você está nessa polêmica?

Copiado na cara dura do site R7

Avatar

Podcaster, bloqueiro, vlogueiro, youtuber. memezeiro, social média e fundador do site Macaco Urbano. Interessado em curiosidades, sobrenatural, política e teres na madrugada ao lado da morena.

Macaco Urbano© Toda a macaquice reservada. | Newsphere by AF themes.