Terraplanista desaparece enquanto navegava tentando encontrar a borda da terra plana e o paredão de gelo

14Shares

Um homem de 68 anos da Califórnia desapareceu no sul do Oceano Índico enquanto tentava alcançar o “Fim do Mundo”, na esperança de demonstrar que a Terra é plana.

Uma missão internacional de resgate foi lançada nesta manhã para Irvin Walters, um caminhoneiro aposentado e notório membro do Movimento Terra Plana.

O Sr. Walters foi visto pela última vez no porto australiano de Sydney em 27 de novembro, antes de partir para o sul em direção à Antártida.

Os adeptos da teoria da Terra Plana acreditam que nosso planeta não é esférico. Eles acham que nosso mundo é, na verdade, em forma de disco, com a Antártica em torno dele.

Os adeptos da teoria da Terra Plana acreditam que nosso planeta não é esférico. Eles acham que nosso mundo é, na verdade, em forma de disco e cercado pela Antártida.

Estando convencido de que a Antártica é apenas uma fina parede de gelo ao redor de uma Terra em forma de disco, ele esperava atravessá-la e tirar fotos no final do disco.

O Sr. Walters foi dado como desaparecido por sua família na Califórnia depois que ele perdeu suas duas últimas conferências de rádio com eles.

Desde que ele deixou os Estados Unidos em junho, ele se comunicava a cada três dias com sua família usando um rádio via satélite, mas ele não ligou nos últimos oito dias.

As autoridades australianas levaram o desaparecimento do homem americano muito a sério e pediram ajuda aos países vizinhos para encontrá-lo.

Um porta-voz da Guarda Costeira Australiana diz temer que ele possa ter se perdido ou até mesmo ter virado o corpo, e pode rapidamente morrer de hipotermia.

Eles acreditam que seu navio viajou pelo menos 400 milhas náuticas ao sul da Austrália antes de encontrar problemas, mas eles têm muito pouca informação sobre sua posição real.

Os Estados Unidos, a Nova Zelândia, as Filipinas e a Indonésia também enviaram navios e helicópteros para ajudar na missão de busca e resgate, alocando um total de 13 navios e 7 helicópteros.

Apesar de todos os recursos destinados a salvá-lo, muitos especialistas dizem que seria um milagre se ele fosse encontrado vivo.

O Sr. Walters passou os últimos meses velejando no Pacífico e no Oceano Índico a bordo de um pequeno barco especialmente projetado.

Walters passou os últimos meses navegando no Pacífico e no Oceano Índico a bordo de um pequeno barco especialmente projetado, na esperança de viajar da Califórnia para a Antártida.

O Sr. Walters é, há muitos anos, um membro militante do Movimento da Terra Plana.

Em uma entrevista com o site FlatEarth.com, gravado em maio, ele disse que passou mais de três anos se preparando para sua viagem.

Ele disse que espera reunir algumas provas científicas irrefutáveis ​​de que a Terra é plana, como “imagens do fim do disco”.

Ele alegou vir de uma família com uma longa tradição naval e descreveu-se como um “marinheiro de 7ª geração”, mas admitiu que nunca havia velejado antes.

Vários analistas especularam que essa falta de experiência em navegação poderia ter sido um problema sério em águas traiçoeiras ao sul da Tasmânia.

Fonte: Sempre Questione

14Shares

Avatar

Podcaster, vlogueiro, blogueiro, professor, primata, biólogo que ama teres e não vive sem a morena.