fbpx

Igreja de Sinop guarda relíquia de Santo Antônio

A igreja mais antiga de Sinop terá um pedaço do seu santo padroeiro. A relíquia de primeiro grau de Santo Antônio de Pádua vem diretamente da Basílica de Pádua, na Itália. O artefato é um símbolo para veneração dos devotos do santo, que também é padroeiro de Sinop.

O processo de solicitação da relíquia começou ainda em 2015 e teve a participação ativa da artista plástica de Sinop, Mari Bueno – cujas artes preenchem o templo criado em 1976 depois da sua última reforma.

Mari Bueno foi quem iniciou o processo para a igreja receber uma relíquia de Santo Antônio. “Eu quis fazer esse contato dessa paróquia aqui, com vários imigrantes do Sul que tem descendência italiana, que são católicos, devotos. Peguei tudo que eu tinha de material aqui, da cidade na déc. de 70, material da cidade no ano que eu fui (2015), material da igreja desde o começo, da primeira missa, tudo que eu tinha de histórico e atual. Fui conversar com o bispo que, na época, era dom Gentil Delazari”, lembra Mari.

Munida com a carta do bispo local, Mari viajou à Itália e entregou todo o material ao Pe. Enzo Poiana, na época, reitor da Basílica de Pádua. “E ele mesmo falou para mim, sem nem eu falar nada: disse que gostaria muito de ir na inauguração da igreja, faria o possível pra isso e que também gostaria de doar uma relíquia”, conta.

O processo para conseguir a relíquia continuou mesmo após a morte de Enzo Poiana, em 2016. Também houve a mudança do bispo regente em Sinop.

Com a autorização do novo bispo, o processo seguiu diretamente com o novo reitor da Basílica que recebeu todo o material novamente e assumiu o compromisso do antigo reitor para enviar a relíquia ao Brasil.

No dia 13 de junho – dia de Santo Antônio – em respeito às normas sanitárias por causa da pandemia, foi feita a deposição da massa óssea do padroeiro no relicário pelo bispo diocesano, Dom Canísio Klaus.

Ouça nosso Podcast

#66: Polêmicas das Páginas de Humor do Facebook.

Link da Playlist: EDIÇÕES PASSADAS.

Na ocasião, o padre Roberto Gottardo leu um documento da Província Italiana de Santo Antônio de Pádua à comunidade. O pároco destacou que o envio da relíquia ‘ex massa corporis’ de Santo Antônio (‘do corpo de Santo Antônio’) é feita para a edificação de todas as pessoas que frequentam a paróquia em Sinop.

A CLASSIFICAÇÃO DAS RELÍQUIAS

As relíquias são sinais concretos da relação que cada um procura fazer com o santo e podem ser classificadas em níveis, seguindo uma ordem de maior a menor importância: de 1º grau corresponde à parte do corpo (tais como ossos, unhas, cabelo, sangue etc.); de 2º grau são objetos de uso pessoal do santo (tais como roupas, cajados, crucifixos etc.); e de 3º grau os objetos que apenas eventualmente tocaram o corpo do santo (lenços, pedaços de pano etc.).

Fonte: GC Notícias

kauzz

kauzz

Podcaster, bloqueiro, vlogueiro, youtuber. memezeiro, social média e fundador do site Macaco Urbano. Interessado em curiosidades, sobrenatural, política e teres na madrugada ao lado da morena.