Como é a UNEMAT de Sinopolândia?

157Shares

A UNEMAT – Universidade Indígena do Estado do Mato Grosso do Norte, foi uma tentativa fracassada de catequizar e urbanizar a indiarada que vive nos confins do noroeste do centro-oeste do Brasil, mas como isso não importa agora, vamos falar dela aqui em Sinopoândia.

Típica acadêmica de Pedagogia ao falar sobre as aulas.

A Unemat veio atender a crescente demanda do interior do Mato Grosso por uma universidade onde finalmente o ensino seria colocado em segundo plano, priorizando a educação em destilados e afins.

Típica metamorfose que ocorre na fase acadêmica

O campus de Sinopolândia é um campus de acadêmicos quebrados, que pensam que são vistos pelos olhos de outros campus como elite, enquanto na verdade todos os campus até mesmo Juára sabe da mania de grandeza ou complexo de inferioridade (dizem que quebrou, mas, na verdade, há boatos que existem ainda alguns estudantes antiburguesia que pensam, no geral, 23 horas por dia em fazer greve para parecerem politicamente engajados. São aqueles que não escovam os dentes, tomam banho ou almoçam para não parecerem burgueses. Sem contar que os estudantes, antes eram obrigados a dividir o “luxuoso” campus com gremilins, crianças que vêm a aula só para comer a merenda que na maioria das vezes é uma galinhada gordurosa que fica enfiada nos dentes encavalados dos mesmos – que são filhos de prováveis estudantes de pedagogia.)

R.U

Talvez o único local do campus de Sinopolândia que se salva é o R.U (Restaurante Universitário), local das jogatinas de truco e de outros jogos de azar que tanto os engajados politicamente adoram.

Acadêmico e sua felicidade com a comida do R.U

Como Identificar

Para identificar um acadêmico da UNEMAT – Sinopolândia, basta observar se ele usa mochila velha, barba mal feita  para parecer um engajado politicamente da esquerda ativa (sempre com aquela barba rala que mais parece pentelho do saco), roupa alternativa e muitas vezes usa de dorgas ilegais para parecer mais engajado politicamente com seus amigos do sindicato dos acadêmicos que controla a mente de colmeia dos mesmos.

Cursos Oferecidos

  • Matemática: Ninguém os entende, nem eles mesmos. Fazem eventos incrivelmente interessantes como “Olimpíadas da Matemática” onde o time que realizar um certo cálculo em menos tempo ganha. Existem 2 tipos de mulheres nesse curso, as feias e as terríveis.
  • Ciências Contábeis: Curso tão avulso que nem era pra estar nessa lista. A maioria das meninas é feia que é o canhão e ainda por cima, claro, virgens. É conhecido como o curso das pessoas mais cuzonas de todos os cursos, tudo chato e pé no saco.
  • Economia: Se você até hoje, aos 49 anos, não decidiu o que fazer, já prestou 400 vestibulares e não passou em nenhum, venha fazer Economia, onde as vagas (QUE SÃO 50!!!) nunca são preenchidas!.
  • Pedagogia: Costumam ser contra TUDO! São contra o PSDB, o PT, são contra o reitor, o diretor, as tias da limpeza, e contra tomar banho. Dizem que isso é coisa de burguês. Conhecidos pelas invasões à reitoria, fazem comida com o cabelo solto, mechem o suco com a mão e escovam os dentes com escovas de pelo de porco que usam, no mínimo, há 10 anos.
  • Letras: Nada se sabe sobre seus alunos, apenas que temos 80% de velhas idosas e 20% de viados.
  • Administração: Nada se sabe a respeito, pois 109,7% dos formados estão fora do mercado de trabalho.
  • Engenharia Civil: Alunos macho pra caralho, inclusive as “mulheres”

Professor exemplo da UNEMAT

Vestibular

Na renomada instituição, hoje comandada pela princesa das trevas e aprendiz de Lord Sith, Ana De Reza Brava, o ingresso é controlado de maneira moderna e consciente, não havendo necessidade do aluno passar por um vestibular formal devido existirem mais vagas que candidatos. As vezes, quando faltam vagas, a COVEST vende o gabarito para os alunos mais “espertos” e inclusive divide o valor diretamente no cartão em 3x sem juros, basta negociação. Qualquer dúvida ligar direto com a COVEST para se informar sobre os gabaritos do próximo exame de vestibular.




O ingresso na UNEMAT é um pouco confuso para o nível dos alunos, mais para isso a reitoria distribuiu para seus mais de 16 alunos via MSN Messenger e também por scraps no Orkut (sim meus queridos isso ainda existe na DeepWeb) um guia para facilitar o entendimento e diminuir o desgaste nas matriculas.

157Shares

Avatar

Podcaster, vlogueiro, blogueiro, professor, primata, biólogo que ama teres e não vive sem a morena.