fbpx

Cientistas afirmam que 8 horas de trabalho não funcionam nas empresas sérias.

Cientistas de muitas universidades de países sérios já sabem que ficar oito horas trancado dentro de um escritório só vai afetar sua saúde mental e criar problemas a longo e médio prazo, gerando toda aquela papelada que o RH se cansa de receber para dar licença ao funcionário enfermo.

Segundo nosso detetive “Ninguém”:

Faz tudo do Macaco Urbano

A jornada de trabalho de oito horas não se tornou comum até o início do século 20, graças aos ativistas que introduziram a ideia “Oito horas de trabalho, oito horas de recreação, oito horas de descanso”. Contudo, Deveriam os padrões do século anterior ser aplicados à vida profissional moderna? A jornada de trabalho de 8 horas ainda levanta questões para muitos, especialmente para aqueles que estão familiarizados com a pesquisa, o que sugere que esse padrão não é eficiente nem produtivo.

Como você pode perceber, nosso detetive “Ninguém” é um cara culto que come livros da UNEMAT e joga truco durante as aulas de humanas.

Criamos um tópico para discutir esse assunto na 4º camada da Deep Web – a 5º camada estava de reforma.

Após algumas ameaças e “hackeamentos” que derrubaram nosso servidor onde fica hospedado o nosso site, obtivemos o resultado de uma pesquisa rápida, assim o artigo abaixo pode ser recuperado da destruição dos nossos HDs comprados em algum muquifinho da Júlio Campos – Sinop – MT:

A pesquisa aponta uma descoberta significativa: o trabalhador médio, que trabalha 8 horas por dia, é produtivo apenas por 2 horas e 53 minutos. Ao avaliar quase 2.000 funcionários de escritório, o estudo também revelou que, na maioria das vezes, eles estão no trabalho e as pessoas não estão trabalhando. Surpreendente? Os pesquisadores, em seguida, expõem, que mais de 1 hora é gasta lendo notícias, checando mídias sociais leva cerca de 44 minutos e conversando com colegas de trabalho sobre temas não relacionados ao trabalho, leva cerca de 40 minutos de tempo. Procurando por novos empregos, pausas para fumar, fazer ligações, bebidas quentes, mensagens de texto, comer e fazer comida também se acumula por muito tempo perdido. Portanto, pode estar implícito que a maioria do tempo gasto no escritório é improdutivo. Se tirarmos todo o tempo improdutivo de 8 horas, restam apenas 4.

Nosso estagiário e detetive “Ninguém”, ainda na Deep Web – agora na 3º camada – conseguiu um depoimento de um enfermeiro que se dizia mestre em arquitetura mas adorava dar injeção de benzetacil na bunda de mulheres gordinhas. Ele disse:

Na Suécia os enfermeiros que participaram de uma jornada de 6 horas de trabalho para a pesquisa, mostraram melhora na produtividade, indicaram melhora no equilíbrio entre vida profissional e vida e até mesmo seus pacientes notaram um aumento na qualidade do atendimento. No entanto, parece que os empregadores não estão muito interessados ​​em adquirir os novos padrões sugeridos.

Qual a sua opinião sobre isso? Você acredita que diminuir a joranda de trabalho de 8  horas para 6 horas seria uma vantagem?Ou seria apenas uma desculpa esfarrapada para que você possa ficar mais tempo lendo artigos porcarias como esse? Deixe sua opinião abaixo e marque seu amigo vagabundo para que possa se deliciar com esta matéria.

Ajude os Macacos Urbanos com uma doação de UM MISÉRIO REAL PELO AMOR DE DEUS!!! – instruções abaixo

kauzz

kauzz

Podcaster, bloqueiro, vlogueiro, youtuber. memezeiro, social média e fundador do site Macaco Urbano. Interessado em curiosidades, sobrenatural, política e teres na madrugada ao lado da morena.