fbpx
ter. jun 18th, 2019

Afinal de contas o que é Sinop?!?!?! kkkkk

5 min read

Sinop (acrônimo para Sociedade Industriária do Nordeste do Pará Ltda) é o lugar onde Judas percebeu que perdeu as botas e as meias, fundada secretamente por argentinos que vieram para o Brasil e que trouxeram consigo toda a humildade de seu país natal.

Tudo que se falar sobre Rosanolândia Sinop também se aplica às cidades mato-grossenses de Sorriso, Tangará da Serra e Primavera do Leste. Todas essas cidades são clones umas das outras, todas possuem a mesma história, o mesmo tipo de gente vivendo nelas, as mesmas ruas, as mesmas praças, os mesmos nomes de avenidas. A única coisa que muda é o nome das cidades e nada mais.

História

A história da cidade começa no Sul do Brasil no inícios dos anos 70 do século XX, quando um grupo de paranaenses, gaúchos e catarinenses caloteiros, fogem de seus credores em respectivos estados natais e vão parar em Mato Grosso para aplicar seus golpes. Este é um momento histórico para Mato Grosso, pois seria a primeira vez que este estado muito quente presencia a chegada de uma frente fria: caminhões vindo do sul trazendo centenas de gaúchos e afins agitando em suas mãos, cheques do Banco do Brasil.

Sempre ludibriando a população local e as agências bancárias de Mato Grosso com seus cheques sem fundo e seus calotes, essa brava gente sulista alcançou rápida ascensão social, realizando altos investimentos na agricultura e na extração de madeira.

Tradicionalistas, os sulistas que chegaram em Mato Grosso se preocuparam em manter suas raízes e por isso, construíram cidades afastadas de qualquer centro importante do mundo, para que nestes lugares a cultura do sul fosse preservada e exaltada, por mais que eles sejam proibidos de retornar ao Rio Grande do Sul. A única forma de se chegar a estas cidades é encarando centenas de milhares de quilômetros de estradas empoeiradas e esburacadas que começam em Cuiabá. Assim, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Primavera do Leste são verdadeiros espaços de preservação dos costumes racistas, neo-nazistas, xenófobos, homofóbicos, bairristas, dos gaúchos, paranaenses e catarinenses que vivem em Mato Grosso.

Política

Em Sinop é cada um por si, esta cidade não têm prefeito, foram todos foram presos em operações da Polícia Federal prendendo sonegadores e desmatadores, ou simplesmente cometendo irregularidades na própria administração, nomeando pessoas e não cumprindo com suas responsabilidades para com o povo que já está mesmo fodido.

É uma das 20 futuras metrópoles do Brasil, segundo a Veja, e essa informação é muito usada por políticas para ganhar votos em época de eleição.

Como todo bom sulistas separatistas, a única ambição política de Sinop é se separar do Estado de Mato Grosso, o qual considera ser o cerne dos males da cidade.

Economia

O sinopense médio trabalha em alguma madeireira ou fazenda de algum gaúcho ou barriga-verde. Dez famílias detém 98% de todo o dinheiro que circula na cidade. Dinheiro que vem do BNDES e de outros bancos públicos e privados que financiam suas respectivas fazendas. Porém, quanto recebem a grana, ao invés de investirem nas fazendas decrépitas, gastam tudo em casas de luxo, roupas de grife e caminhonetes tunadas para que seus filhos de sexualidade duvidosa possam se expor nas avenidas como se fossem filhos do Eike Batista.

A atividade econômica de Sinop não se resume apenas à aplicação de golpes e estelionatos nos bancos e na população local mato-grossense. A economia nessa cidades engloba também a destruição do meio-ambiente por meio da cultura de grãos como a soja e da extração ilegal de madeira, sem contar que Sinop é uma das maiores importadoras de drogas do Mato Grosso.

Uma nova modalidade econômica são as lojas de artigos country, os proprietários tem altos lucros atendendo o público desprovido de qualquer personalidade, formando na cidade a raça dos pseudo-playboys de posto de gasolina.

Educação

Não existe qualquer registro de contribuição para a humanidade ou ciência advindas de alguma universidade sinopense, sendo elas necessárias ao município apenas devido a existência das festas universitárias.

As festas universitárias de Sinop na verdade deveriam ser continuação uma da outra, pois sempre tem o mesmo nome, o mesmo lugar, a mesma música, as mesmas bebidas e as mesmas pessoas. Para dar um nome a sua festa universitária em Sinop, basta misturar as palavras: “Beer, Entorta, Torto, Bixo, Agro, Irriga, Fest” e pronto! O nome da sua festa está feito! Todas festas são organizadas por estudantes de agronomia que não gosta de estudar e falam que são agrônomos mesmo assim.

Transporte

Para chegar a Sinop, você pode pedir informações para Policia Federal, ou ir pela rodovia federal BR-163, poucos conseguiram chegar devido o seu estado de conservação, mesmo depois de privatizada. Não se esqueça de levar uma boa grana para pagar os pedágios, pois não aceitam cartão. A cidade conta com única exploradora de transporte coletivo, uma tal de Rosa. Que circulam em toda cidade com apenas um passageiro (o motorista), de nenhum lugar a lugar nenhum, a uma tarifa mínima de 10 kg de soja (soja: moeda local).

Melhor parar por aqui pois acabei de receber a ligação da prefeita pra me matar!

Avatar

Podcaster, bloqueiro, vlogueiro, youtuber. memezeiro, social média e fundador do site Macaco Urbano. Interessado em curiosidades, sobrenatural, política e teres na madrugada ao lado da morena.

Macaco Urbano© Toda a macaquice reservada. | Newsphere by AF themes.